GROOVES, TAMBORES E MUITA PULSAÇÃO MUSICAL

Batucafé será palco de um encontro inusitado entre o DJ belga Mukambo e o percussionista Luiz Claudio. O encontro acontece no dia 12 (quarta), às 21h. Os dois tocam juntos pela primeira vez e prometem uma noite dançante, ao som dos grooves do DJ, mesclados aos tambores de Luiz, um verdadeiro Live Percussion em São Luís.

Durante 4 anos, Mukambo foi a força atrás da Festa Global Grooves, maior da cidade de Bruxelas, Groovalicious. Em março de 2018, ele lança Groove Kilombo, “the most exotic cocktail-shake you can drink in Brussels. At the monthly parties DJ Mukambo serves spiced Afro-Brazil-Latin-reggaehiphop rhythms” (BRUZZ, 24/08/2017). Em 2018, lançou a associação KILOMBO, plataforma de promoção e de desenvolvimento do potencial de bandas de afrobeat e de música brasileira.

“Um quilombo ou mocambo era um refúgio para escravos libertados no Brazil colonial. Meu Mukambo é um asilo para todxs que querem fugir da ditadura da musica comercial, onde nos juntamos para dançar os melhores Afro-grooves!”, define.

O DJ E JORNALISTA MUKAMBO: MISTURA GROOVES COM MÚSICA AFRICANA E AINDA PRODUZ UM PODCAST SEMANAL

Como jornalista, ativista de grooves do mundo, apresentador de rádio e DJ, Benjamin Tollet se especializa nas músicas do mundo. Desde 2005, escreve para vários jornais e revistas belgas, francesas e holandesas com foco em música africana e da diáspora. Sua pesquisa musical também se transforma em um podcast semanal, Radio Mukambo, que nos submerge nos grooves do mundo e nas pulsações das cidades onde os sons se misturam para criar músicas mestiças sem fronteiras. Afrobeat, ethiojazz, músicas afro-brasileiras, afro-latinas e lusoafricanas, soukouss, reggae/dub/dancehall e hip-hop com sotaque regional/étnico. DJ Mukambo se dedica a africanizar as noites com grooves que fazem dançar até a madrugada. É um apaixonado por afrobeat e especialista de grooves afro-brasileiros.

SAIBA MAIS

LUIZ CLÁUDIO FARIAS – Percussionista, arte-educador e pesquisador da cultura popular, Luiz Claudio, natural de Belém do Pará, chegou ao Maranhão no final da década de 70. Lá desenvolveu extenso trabalho de pesquisa de campo coletando material, convivendo e aprendendo junto a grandes mestres de tambor como Mestre Bibi da Casa de Cultos Africanos Nagô, Mestre Eusébio líder Huntó da Casa das Minas, Mestre Felipe e Mestre Leonardo do Tambor de Crioula e Boi de Zabumba, Humberto do Maracanã do Bumba meu Boi e Dona Tété do Cacuriá, entre muitos outros.

O PARAENSE, MARANHENSE DE CORAÇÃO, LUIZ CLAUDIO: MÚSICO, INSTRUMENTISTA, PESQUISADOR E INOVADOR DA CENA MUSICAL LOCAL

Em 1987 criou o grupo FOGO DE MÃO, que participou do PERCPAN, Panorama Percussivo Mundial, em Salvador em 1995, a convite de Naná Vasconcelos, e do FAN em Belo Horizonte a convite de Djalma Correa, onde tocou ao lado dos grandes nomes da percussão brasileira e mundial. Participou de diversos festivais de Jazz (TIM Jazz Festival, edições Rio de Janeiro e São Paulo) de musica étnica e eletrônica.

Tocou e gravou com Nelson Ayres, Ceumar, Suba, Ramiro Musoto, Naná Vasconcelos, Chico Saraiva, a Barca, Péri, Zeca Baleiro, Rita Bennedito e Monserrat, entre muitos outros artistas nacionais e internacionais.Em 2012, gravou no estúdio Systems 2 em Nova York com o renomado pianista brasileiro de jazz Rubens Salles, além de shows, e oficina de ritmos brasileiros para alunos da Julliard School of Music de Nova York. Atualmente residindo em São Luis, Luiz Claudio vem trabalhando com seu selo e estúdio Zabumba Records cujo propósito é de pesquisar, gravar e divulgar tradições populares e religiosas do Maranhão e Pará. O primeiro trabalho do selo foi a gravação ao vivo do cd do Boi de Zabumba de Leonardo, em parceria com o selo Na Music de Belém, a ser lançado em maio deste ano, tanto físico como digital em todas as plataformas no mercado.. Como produtor musical, dirigiu e tocou na gravação em Belém do cd de seu projeto Loopcinico, criado em São Paulo nos anos 80 assim que o Live PA surgiu no Brasil. Loopcinico mescla ritmos maranhenses e paraenses e World Beats com programações eletrônicas, sendo indicado para o Prêmio da Musica Brasileira edição 2014. No momento, Luiz se dedica ao seu projeto electro beats Encantarias que passeia pela leitura fiel das tradições percussivas maranhenses com bases eletrônicas e orgânicas cujo EP contou com a participação de Zeca Baleiro e Chico Cesar. O projeto do EP terá continuidade em 2019 com uma série de gravações com Dj ́s e músicos do mundo inteiro. Toda a obra do músico pode ser encontrada nas plataformas digitais.

SERVIÇO

O quê? Show “Radio Mukambo SLZ”
Quem: Dj Mukambo e Luiz Claudio


Quando? 12 de fevereiro (quarta), às 21h

Onde? Batucafé (Fonte do Ribeirão)

Quanto? Colaborativo

Texto, foto e ilustração: Pegada Produções

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *