GERAÇÕES DE OURO DO COLÉGIO BATISTA DE LUTO: MORRE FIGUEIREDO

Faleceu, na madrugada deste domingo (13), aos 90 anos, o educador Raimundo Soares Figueiredo, que dedicou cerca de 30 anos de sua vida à educação maranhense e à direção do Colégio Batista Daniel de La Touche. Conhecido como Professor Figueiredo, era um símbolo para muitas gerações de estudantes que passaram por esta que foi uma das melhores escolas do Maranhão, durante várias décadas, quando as conhecidas “gerações de ouro” do colégio se formavam.

Figueiredo era o que se podia chamar em outros tempos de “reserva moral”. Um educador sério, íntegro, grande incentivador do esporte amador e inteiramente dedicado à causa educacional. Maranhense, nascido em São Luís, Raimundo Soares Figueiredo era casado com Isa Bezerra Figueiredo, pai de quatro filhos, o médico Luís Fernando Figueiredo, as educadoras Ana Lília e Lília Raquel e o empresário Eduardo Luís, avô e bisavô.

Iniciou seus estudos na Escola União Fabril Maranhense, o curso secundário no Colégio Ateneu Teixeira Mendes e o nível superior na Faculdade de Direito de São Luís, onde formou-se Bacharel em Direito. Foi Escriturário do quadro permanente do Ministério da Marinha Brasileira, assessor jurídico e contabilista do Banco do Brasil. Foi diretor por muitas décadas do Colégio Batista e, por dois mandatos, presidente do Conselho Estadual de Educação do Maranhão. Em 1986, recebeu a medalha do mérito Timbira, maior honraria do Poder Executivo Estadual.

Os rituais de despedida de Figueiredo estão sendo realizados na Igreja Batista Renascença e o sepultamento será às 16h, no cemitério Pax União, com obediência rigorosa aos protocolos sanitários.

O blog se solidariza com a família Figueiredo e faz sua justa homenagem ao educador que colaborou com a formação de centenas de gerações maranhenses.

13 comments

  1. Sinto um forte aperto no coração com a notícia. Sempre o admirei e respeitei como um pai, que por mim, várias vezes o abracei nos corredores da escola. Nunca senti medo do nosso disciplinador, por nunca ter dado motivos para que o mesmo me chamasse a atenção, apesar de algumas brigas com colegas, que foram as únicas falhas por mim cometidas. Externo meu pesar a toda a família desse ilustre homem que cumpriu com seu dever como ninguém. Vá em paz meu mestre e que Deus o receba em seus braços.

  2. Um homem de Deus,integro e o melhor diretor do Colegio Batista…alem de um batista atuante na historia dos batistas do Maranhão…e um amigo

  3. 0 Professor Benedito de Jesus Rodrigues Costa (Prof. Bené), se solidariza com a família, e deseja um bom descanso espiritual ao Professor Figueiredo pelo seu trabalho à frente do Colégio Batista durante a sua administração com sucesso naquela instituição de ensino.

  4. Nosso abraço solidário a d.Iza ,seus filhos e demais familiares do Professor Figueiredo…Que Deus os conforte nesse difícil momento de dor e separação!O Maranhão ficou mais pobre com a partida desse educador,cuja atuação foi brilhante em todos os cargos que ocupou e como diretor do inesquecível “Colégio Batista”,onde nossos 4 filhos estudaram.

  5. Vá em paz, professor Figueiredo e receba a recompensa por ter sido um homem íntegro e temente a Deus e por ter feito o nosso Colégio Batista brilhar durante muitos anos! Uma honra ter participado dessa geração! Obrigada por tudo!❤️🙏🏻

  6. Estou em Brasília, mas posso dizer com orgulho do que é ter o professor Figueredo como líder e amigo. O reino desse mundo perde um homem verdadeiramente cristão, mas o reino dos céus está em festa por mais um remido entrar no céu.

  7. Uma perda para a educação do nosso estado. Professor Figueiredo liderou com sabedoria e firmeza o Colégio Batista, que durante décadas se firmou como melhor ensino e esporte de nossa capital.

  8. Uma enorme perda para todos nós. “Seu” Figueiredo foi exemplo de cidadão, de educador, de pai de família, de amigo e esposo amoroso. Teremos a eternidade para lembrá-lo!

  9. Incrível como nos sentimos mais órfãos com a partida desse grande educador, Professor Figueiredo. Era assim mesmo que ele nos tratava a todos, como filhos dele. Que Deus toque o coração da família e lhe receba em sua Glória. Vá meu Diretor, com a paz daqueles que podem dizer: missão cumprida.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *