ANTROPÓLOGO LANÇA LIVRO SOBRE MOVIMENTO QUILOMBOLA DO MARANHÃO

Será lançado nesta quarta-feira (27), às 18h30, no auditório do prédio de História da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Centro Histórico, o livro Movimento Quilombola do Maranhão: estratégias politica da ACONERUQ e MOQUIBOM. A obra resulta de extensa pesquisa realizada durante trabalho de campo em comunidades quilombolas e estudos sobre o movimento negro no Maranhão, feitos pelo antropólogo Igor Thiago de Souza.

A publicação traz uma profunda análise a respeito das diferenciações, leituras políticas e disputas entre dois segmentos organizados dessas comunidades: a Associação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (ACONERUQ) e o Movimento Quilombola do Maranhão (MOQUIBOM), tornando-a uma relevante contribuição para os debates e reflexões sobre o tema. Além disso, traça um percurso detalhado das lutas quilombolas maranhenses, com base em uma minuciosa observação das formas de atuação destas duas entidades, bem como suas estratégias de ação, permeando os financiamentos e as ocupações públicas utilizados como recursos políticos por tais instâncias. São demonstrados, ainda, os pontos de encontro e desencontro entre os dois grupos e os desafios enfrentados na realização da presente investigação.

Igor de Souza, que atualmente é doutorando do Programa de Pós-Graduacão em Sociologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), estuda há 10 anos as formas de organização das comunidades quilombolas maranhense, desde as primeiras ações por meio do Centro de Cultura Negra do Maranhão (CCN)

.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *